Se acreditarmos no amor de Deus, levaremos em frente tudo o que entendermos que for sua vontade. 
Madre Carmen Sallés

 

A Rede Concepcionista de Ensino tem como meta formar pessoas abertas à comunhão e à transcendência; favorecer a experiência e a assimilação de um conjunto de valores universais, a fé na dignidade da pessoa humana e em sua marca divina.

 

Abertura à Transcendência

Através do anúncio dos ensinamentos de Deus convidamos a viver e a confiar arraigados Nele, de forma a ter um sentido positivo da vida com base na fé. Viver a esperança fundamentada na ressurreição de Cristo e na certeza de que Deus nos acompanha, cumpre a sua promessa e estimula a não desanimarmos diante das dificuldades.

 

Amor

Valorização de nós e dos outros, como pessoas amadas por Deus. Ternura, misericórdia, atitudes de serviço, perdão, diálogo, acolhida e atenção aos que mais necessitam guiam nossas ações.

 

Vida

É um compromisso em defesa da vida como um presente de Deus. A comunhão com toda a Criação e a responsabilidade pela vida em todas as suas manifestações.

 

Beleza

Manifesta-se no desenvolvimento da sensibilidade estética, no trabalho bem feito. Temos como referência Maria Imaculada, em sua representação de harmonia, pureza de coração, simplicidade, transparência e bondade.

 

Liberdade

Desenvolvimento da criticidade e da autonomia, através da descoberta e da realização do projeto de vida pessoal. Exercício harmônico dos direitos e deveres de cada pessoa, em atitude de respeito e de colaboração com a liberdade do outro.

 

Verdade

Cultivo da interioridade, a verdade manifesta-se na postura ética, sincera e coerente. Buscamos a verdade no diálogo entre ciência, fé e cultura.

 

Sentido de Pertença

Consiste em perceber e agir como parte de uma comunidade: familiar, educativa, eclesial e social. Promove a co-responsabilidade e a participação, de forma a impulsionar a concórdia, a convivência, o entendimento e a unidade na diversidade. Manifesta-se em atitudes de solidariedade, trabalho em equipe, simplicidade, gratuidade, entrega.

 

Abertura à Diversidade

Reconhece e valoriza a singularidade das pessoas e povos, de forma a promover o respeito às ideias, aos costumes, às culturas e às religiões; o que possibilita o enriquecimento mútuo. A diversidade é visível no encontro, no diálogo, no entendimento, na acolhida e na unidade.

 

Competência

Fundamentamos a competência em uma das frases mais repetidas por Carmen Sallés: “O que fizerem, façam-no por Deus. E bem feito”. Daí nasce a exigência de serem criadas a s melhores condições para que os processos de ensino aprendizagem de desenvolvam de maneira eficaz e responsável. Manifesta-se pela formação continuada dos educandos, pelo esforço de educandos e educadores na busca do máximo de si mesmos, pelo estímulo a uma aprendizagem significativa em que o aluno desenvolva o pensamento crítico, criativo e construtivo.

 

Cidadania

O Desenvolvimento da consciência de que todos somos membros responsáveis pelos distintos grupos sociais, providos de direitos e imbuídos e deveres. Identificamos e oferecemos alternativas de cooperação para a melhoria da vida cotidiana na escola, na família e na comunidade.

 

Solidariedade

Segundos os ensinamentos de Jesus Cristos é a expressão da generosidade para com o próximo e tem sua significação ampliada no respeito de uns para com os outros. O bem comum deve ser regra suprema contra o egoísmo e o corporativismo, pois somos partes e responsáveis pela comunidade. A partir deste princípio, vivenciamos a “cultura da solidariedade”, em que todos os critérios e normas que regem as relações no seu interior a ser passados aos seus membros devem ser impregnados por essa cultura.